sexta-feira, 17 de maio de 2013

Se não lutarmos pela nossa família, quem lutará?

Girls do meu coração...

Se estão acompanhando pelas matérias aqui exibidas, vão notar que não sou uma mamãe que não tem o pai da criança por perto sempre, na verdade estamos separados...éramos namorados já algum tempo, mas quando engravidei tudo mudou, talvez foram meus hormônios mais a flor da pele que juntou com a percepção de que o pai da minha filha tem um jeito único e meio apático comigo de ser...

Enfim, motivos que na boa, só cabe a mim! rsrsrsrs

Mas...ele se importa MUITO com a filha, demais mesmo e comigo também, do jeito dele, sei que sou a pessoa mais importante pra ele...mas as vezes só amor não basta né? Um relacionamento é regado de amor, respeito, dedicação, carinho, compromisso, vontade, entre um infinito de coisas...e por esta razão estamos separados...

Acontece que se eu não lutar pra dar certo, quem vai lutar?
Escrevi aqui uma vez que se existisse uma chance mínima de haver um futuro, vai fundo (com um pé atras mas vai!), e é isso que vou fazer hoje...
Decidimos tirar dois dias pra gente, pra tentarmos recuperar aquilo tudo que foi deixado pra trás  recolher cada pedrinha, tentar construir de novo o castelo dos sonhos, e formar a família que a Helena (nossa filhinha) merece e que eu mereço, porque me dediquei muito neste relacionamento e na minha felicidade!

Vou ficar afastada do Blog então por 2 dias, mas assim que voltar, conto como foi!

E para as meninas mulheres que gostam de contos de fadas, lembrem-se do desenho da Bela e a Fera:

A princesa teve que aceitar o monstro, para descobrir o príncipe!

Beijos =*